Buscar

VOCÊ SABE COMO FUNCIONA A ANESTESIA EM CIRURGIAS BARIÁTRICAS?


Esta intervenção de redução do estômago – indicada em casos de obesidade para diminuir a pressão alta, controlar o diabetes e combater a depressão – passa por um processo anestésico que possui três fases: indução anestésica, trans-operatório e recuperação pós-anestésica.


A indução anestésica consiste na medicação inicial para o início da cirurgia. A princípio, o anestesista responsável punciona uma veia do braço do paciente e são ligados todos os aparelhos que controlam pulsação, pressão arterial, respiração, concentração de oxigênio e gás carbônico no sangue e outros. Na veia puncionada, aplica-se os medicamentos adequados para induzir ao sono. A seguir, ocorre a entubação oro-traqueal para que o paciente respire e receba os gases anestésicos ao longo do procedimento.


Durante processo trans-operatório, o paciente recebe continuamente estes gases, além do oxigênio. A quantidade de gás é determinada pelo profissional alocado e mantida através do carrinho de anestesia, que elabora uma mistura de oxigênio, ar e anestésico constante. O anestesista é responsável por acompanha os sinais vitais do paciente e manter a anestesia em níveis adequados para o cirurgião operar. Nesta fase também são administradas quantidades de soro para manter a pressão arterial, hidratação e funcionamento dos rins.


Por fim, a recuperação anestésica é o despertar do paciente após o fim da intervenção cirúrgica. Suspende-se a emissão de gases anestésicos e os efeitos passam gradativamente. O tempo que cada um leva para acordar varia muito, mas a tendência é que os pacientes obesos demorem um pouco mais, pois o anestésico tende a ficar depositado no tecido gorduroso e retarda o processo.


Ao final do procedimento anestésico-cirúrgico, o paciente é encaminhado, na grande maioria das vezes, para a sala de recuperação pós-anestésica, para controle dos sinais vitais, temperatura corpórea e analgesia. Em situações muito específicas, menos de 5% dos pacientes são encaminhados para a UTI.

© 2020 Overall Agency